terça-feira, 29 de julho de 2008

Um dia um anjo chegou ao pé de mim (falso messias)

Um dia um anjo chegou ao pé de mim. Era lindo. Tinha umas belas asas brancas, cabelo encaracolado de um loiro ofuscante, e uns olhos verdes brilhantes. Encimando sua bela cabeça, um halo reluzia resplandecente demonstrando claramente que de algo divino se tratava.

Sussurrou-me ao ouvido palavras de esperança, promessas do Céu na terra para mim e para todos quantos habitavam esta (T)terra.

Sorri… a boa nova era chegada… a salvação dos mortais, finalmente!

Mas enquanto se afastava, graciosamente no seu voo ascendente, após tais anúncios, algo se materializou, difuso, imperceptível, sombrio…

Que coisa abraçava aquele ser de luz que ainda agora trouxera tão boas notícias?

Olhei melhor… Não abraçava, emanava de dentro dele. Mas… mas… aquela figura tinha chifres! Mas…mas… aquela figura tinha uma cauda!

Gradualmente apercebi-me do que era… um ser feito anjo para nos enganar… Oh! Quantos terá já enganado esta criatura das trevas?!

Compreendi que as suas doces palavras, que me suavizaram a vontade anteriormente e agora desfeitas pela visão, poderão ter ficado gravadas nas pobres criaturas a quem visitara.

O portal está aberto. Estão todos predispostos a aceitar a vinda deste falso Messias, mesmo que as suas promessas explicitamente digam que vai criar a divisão, colocar irmão contra irmão e pai contra filho.

A vinda já começou! Ele ascende gradualmente! A Ganância, a Inveja, a Cobiça e a Gula já cá estão!

1 comentário:

elisasilrib disse...

...a preguiça, a avareza, a luxúria, a gula, a ira, a inveja e o orgulho... os sete pecados que o falso messias trouxe até nós. Existem desde os primórdios do Homem. Não há volta a dar-lhe!